sábado, 30 de março de 2013

O Movimento Pélvico: Sobre cães e homens

 

E então, numa linda tarde de sábado você vê um lindo cachorrinho no parque e resolve fazer uma graça e jaz: óia lá o cachorro trepando com sua perna.

4725451259_3ec3fb04b0_z

Você dá uma risadinha, o dono do cão não sabe onde enfiar a cara e você dá uma sacudida de leve. Pede educadamente para o bichinho sair e nada. Faz uma poker face e espera o cãozinho terminar de esfregar o pauzinho dele na sua perna. #sqn

- Misera!! Sai pra lá.. Inferno!

E o cachorrinho se vai, triste e frustrado. Pois bem, acredito que boa parte das pessoas já levou uma bimbada na perna por um cachorro, mas você já foi bimbado/a  no vácuo por um rapazinho?  Ô meu deus, como eu ri ao ouvir a fatídica história.

Está lá a menina, no rala e rola, no amassa daqui, lambe dali e de repente o cara começa a fazer movimentos pélvicos, completamente vestido, na sua perna (ou na sua barriga) e a menina pensa. Bem, ainda estamos em um lugar público, pode ser que o rapaz não está se controlando e resolveu roçar a jeba em mim. Beleza! Mas ainda assim é esquisito…

Daí a menina resolve ir para o quarto com ele e mais preliminares, amassa daqui, chupa dali, masturba acolá. E a menina, com a camisinha na mão e o cara fazendo o cachorrinho na perna dela.  E o pior, com o dedo engatado no xibiu da moça!

Mom-Wtf-Are-You-Doing

Tá bom, tá bom!! Eu sei, eu sei… Cada um tem o direito de expressar sua sexualidade do jeito que bem entender. Mas, peraí!! Numa hora dessas você pode estar trepando com o Tom Cruise de Ray Ban que não vai ser feliz.

Eu sei que já faz muuuito tempo desde a última vez que eu escrevi dando dicas, mas lá vai:

1º ponto: Não justifica, meu caro, você trepar na perna da garota e ficar lá, sozinho, se masturbando como se a mocinha fosse um poste. Não dá, a cena fica ridícula demais para qualquer coração sem fetiches macabros aguentar.

2º ponto: É meio assustador até, você está lá no rala e rola e de repente tem um buldogue grudado gemendo e suspirando. Não, não dá. Mesmo se a menina for do tipo virgem (cada vez mais escasso hoje em dia) ou não quiser dar por um motivo qualquer, não faça isso, meu filho. Porque se a menina tinha a intenção de completar a transa em outro momento, fudeu tudo, não vai ter mais foda.

3º ponto: Se o seu negócio é perna. Porque vai que é! Se você não gosta de colocar no buraco, talvez seja mais jogo você dar uma informada antes. Hoje a maioria, eu arriscaria dizer absoluta, das mulheres buscam prazer quando estão trepando e vou dizer, a não ser que ela tenha fetiche com um cara fazendo o cachorrinho na perna dela, ela não vai gozar desse jeito meeeeesmo. O que vai acontecer é que a moçoila vai ficar olhando para o teto e pensando “Que merda eu vim fazer aqui com esse cara?”

Então, se você num gosta de meter no buraco, acha que mulher fica feliz só de ter alguma coisa atolada na xoxota, sem muito movimento ou exploração da pélvis, perdeu!  Vai virar piadinha… Porque sim, as pessoas são escrotas e fazem piadinhas com esse tipo de situação.

Mas de todo jeito, viva a liberdade para vivenciar os prazeres sexuais, sejam eles humanizados ou não. HaHaHaHAHAHaha…

See u!

meu cão ama montar em pernas[9]

2 comentários:

  1. Parabéns plos artigos Cassianne Campos. Você escreve muito bem. Adorei seu estilo literário.

    ResponderExcluir

Comentários moderados.