sábado, 3 de setembro de 2011

Poema entristecido

 

260173_1438665782884_1720212806_721011_5597388_nEu costumava fazer poemas,

mas eles sumiram e não voltaram mais.

Pensei que poemas deveria ser coisa de criança

e agora eu sou adulta, não há tempo para criancices.

Entristeci

Olhei para a paisagem e vi a poesia indo embora

Arrependi-me de ter crescido

ser criança é sempre bem mais divertido

Eu costumava fazer poemas,

mas eles sumiram, lá se vai mais um poema.

Não há dor que faça um poema voltar

o poema é solto, alto e vistoso

aparece naquele instante e se restringe a segundos

de inspiração

Se você disse: Vá embora, poema!

Poemas são letras de criança escritas no vento.

E ele se vai.

Eu costumava fazer poemas!

Entristeci!

4 comentários:

  1. Você esta de volta! Seja bem vinda.

    ResponderExcluir
  2. "Eu costumava fazer poemas. Entristeci." A tristeza costuma ser grande inspiradora também. Ao menos, para mim. Postei essa imagem no meu facebook.

    "Aparece naquele instante e se restringe a segundos de inspiração." Você captou exatamente o que se passa comigo quando teço versos.

    ResponderExcluir
  3. Adoro sua visita, Gui!

    Vamos tecendo, vamos!!!!
    =*

    ResponderExcluir

Comentários moderados.