domingo, 29 de agosto de 2010

Wanderlust!


Wonderlust King – Gogol Bordello

Eu vou por aqui buscando. Na busca eu encontro muita coisa. Mas ainda sinto falta de algumas. Busco mais. Quero mais. Por enquanto estou aqui. Não sai do lugar onde nasci. Não é isso que meu espírito quer, mas eu nasci em um péssimo corpo. Meu corpo é preguiçoso e medroso para caralho.

Que tal uma dose de rum e um navio?

Que tal uma trupe com rostos pintados e loucura nos bastidores?

Que tal tentas desmontadas nos lombos dos cavalos e saias rodadas?

Que tal o desconhecido?

Que tal ter coragem?

Que tal assumir seu espírito nesse corpo inacabado?

Que tal espingardas e jagunços?

Que tal antropologia sem gabinete?

Que tal viver?

3 comentários:

  1. Acho ótimas ideias. Todas elas :-)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaai, Cassi. Todas ideias apoiadas e ótimas. Antropologia sem gabinete é a gente vivendo por aí, pelo mundão.

    ResponderExcluir
  3. Boas ideias! Mas o inferno esta cheio de boas intenções. Que tal uma ação... almoço fora e flertar com o vizinho de mesa? Passeio na rua e olhar os transeuntes! Apenas sair. Posso acompanha-la?

    ResponderExcluir

Comentários moderados.