sábado, 26 de junho de 2010

Plaquinha do sarcasmo!

 

sarcasmoEssa imagem é de uma das minhas séries favoritas “The Big Bang Theory”. E quem precisa ser avisado sobre possível sarcasmo é o Sheldom, o tapado mais delicious de todos os tempos. =p

Mas não é sobre a série que eu quero falar, é sobre sarcasmo mesmo. Hoje eu acordei sentindo o veneno escorrendo pelo canto da boca. Eu sofro de sarcasmo crônico e tem dias que as crises são terríveis. Hoje foi um desses dias e vejo que deve se estender para amanhã também, pois  nada mudou até agora.

O que seria um dia de crise de sarcasmo? Vamos a ligeira e didática explicação.

Nesse dia eu precisaria realmente de alguém que me conhecesse muito ao meu lado para levantar uma plaquinha cada vez que eu fosse sarcástica e, acreditem, seria quase 80% das vezes que eu falasse. Por que seria necessário uma plaquinha? Porque quando eu estou nesse tipo de crise pessoas desavisadas podem ordinariamente não entender que eu estou fazendo uma piada, podem até mesmo acreditar que estou sendo super sincera e até mesmo carinhosa. O que é um terrível problema caso a pessoa depois perceba que foi sarcasmo sangrento, pois percebendo a pessoa vai me odiar para sempre. Primeiro por perceber que estou rindo dela e segundo por perceber que não conseguiu perceber imediatamente que eu estava rindo dela.

Modéstia a parte, quando estou em dias de crise de sarcasmo crônico sou a melhor. =D

Existem algumas pessoas do meu ‘social’ que tem pavor de mim nesses meus dias de crise de sarcasmo. E volta e meia eu escuto: “Nossa! Como vc eh ruim…” Frase seguida por gargalhadas. Ou, “Quem agüenta você?? Tá doido!”. Ou ainda, “Tem dia que você está inspirada!”.

Mas é sem querer querendo. Vou vendo daqui quantos dias mais vai durar essa crise. Pode ser que dure mais, pois ela costuma se dissolver facilmente quando estou em um bar qualquer destilando veneno para todos os lados e hidratando a garganta com destilados. [Essa foi para você, Déb..] No entanto, estou sem acesso a álcool de todo e qualquer tipo. Vou-me rindo por aqui e me controlando para não extrapolar.

4 comentários:

  1. Ai, ai. Sou parecida com Cassi? Magiiiiiiiiiiiiiiiiina.

    ResponderExcluir
  2. Há dias que estou com raiva. Mas meu caso é por outro motivo: SEXO. Tenho uma amiga que diz que sou 'apreciador', não viciado. Ela é alcoolista e viciada em vinho. Mas é meio shiita. Me disse para correr para aliviar as tensões. Ela foi pro AA. Acho que a abstinencia que nos deixa "sarcasticos" ou seja lá o que for. Sem sexo fico pior que bicho encurralado.

    ResponderExcluir
  3. Hahahah... obrigada pela homenagem, Mlle. Sim, destilando veneno... conheço bem esses dias. Dias de língua afiada e mente a postos para esculhambar o primeiro desavisado que falar borracha no nosso ouvido.
    E amei a resposta do Omar. Fiquei aqui pensando que somos parecidinhos... heheh E adorei a ideia de que homens também podem ouvir um "Isso é faltaaaa!" hahaha

    Beijos,
    Deb.

    ResponderExcluir

Comentários moderados.