sábado, 6 de março de 2010

Menina bonita não chora!

 

Lá vem o outono, eu amo essa estação desde pequena. Afinal, nasci no outono. Nessa época do ano eu me sinto mais inspirada. É certo que o nosso outono não é parecido com o outono que começa em setembro no hemisfério norte.

untitled Esse jeito sombrio, esse ar melancólico pode continuar existindo nessa estação por aqui. São as águas de março que vem trazendo o outono e fechando o verão [como já disseram uma vez] e o mês de abril, maio e junho. São dias nublados misturados com dias de sol. Sol e chuva, casamento da viúva! E a vontade de ficar em casa, quieta, vai ficando grande. E com essa quietude vêm as lágrimas. Danadas! Se aproveitam de minha fragilidade para sairem. Tenho tentado lembrar que "menina bonita não chora!”, “êêêÊ! Tá chorando?? Vai ficar feia!”. Quantas vezes não ouvi isso quando era criança. E eu era uma criança muito chorona.

menina_chorando1 Mas hoje minhas lágrimas surgem por outros motivos, podem parecer birra também, ou um tipo de chilique. Afinal, se o motivo do choro é algo que nos causa sofrimento por não poder estar por perto, ou seja, ser nosso, não deixa de ser uma birra. Por que nunca nos acostumados com a perda? Ficamos a vida toda dando birra, chorando por não poder ter o que queriamos à nossa disposição.

Vou pedir um presente para o meu outono desse ano. O desapego. Sim… O desapego das coisas que não podem ser minhas. Isto é, tudo. Talvez eu não vá me desapegar de mim. Se eu não puder me considerar minha, ora essa, lascou!

“E as lágrimas que choro, branca e calma. Ninguém as vê brotar dentro da alma! Ninguém as vê cair dentro de mim!” [Florbela Espanca]

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. "São as águas de março fechando o verão
    É a promessa de vida no teu coração " Tom Jobim
    As lagrimas lavam... e em alguns casos levam embora aquilo que não queremos mais.
    te amo!

    ResponderExcluir
  3. As lagrimas vertem pois dentro desse mulherão ainda existe uma mulherzinha...alguem sentimental, ligada aos outros.

    Não peça o desapego. O mundo já é desapegado demais. Muito sem ligação, que rompe com as coisas sem pensar duas vezes.

    Precisamos de mais mulherzinhas nesse mundo sombrio...

    ResponderExcluir

Comentários moderados.