segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Terapia de Casal.



Esses dias eu estava pensando que depois que fiquei solteira me tornei uma espécie de acompanhante de casais. Não estou reclamando, até me divirto e me trás muita sabedoria.
Só é chato porque quando o casal de amigos começa a fazer mini-DR e até super-DR na minha frente eu não posso rir, dar gargalhadas da situação ridicula que é isso. E confesso, antes eu não achava ridiculo não. E achava super necessário discutir tudo mesmo. Agora percebo que DR é uma desgraça na vida do casal.

Pense a situação:


O homem pede a mulher para fazer algo por ele ou nele. “Amor, corta meu cabelo!” ... “Paixão, frita um ovo para mim.” ... “Querida, passa minha camisa.”
A mulher não sabe dizer não, pois se disser vai ficar ouvindo coisas do tipo: “Você não faz nada por mim, não cuida de mim, não me ajuda.” Pra evitar, a mulher faz. Mas se ela corta o cabelo dele – ela nem é um profissional do ramo e ele sabe disso – não fica do jeito que ele gosta, nunca ficaria. E ele reclama para caralho.
Se ela frita o ovo – ele nem explicou como queria, só pediu que fritasse – ele reclama que ela deixou a gema quebrar e ele queria a gema mole.
Se ela passa a camisa, ele reclama que ela não ficou tão bem passada como ele queria.
E ela fica frustrada e começa o bafafá.
Pois para ele, ela nunca se esforça o bastante.
E para ela, ele nunca tem a sensibilidade de perceber que ela estava fazendo algo por ele, com carinho, mas isso não quer dizer que tem que ficar perfeito.
Como é difícil a arte de conviver afetivamente.

Acho que vou estudar mais as relações amorosas e começar a ganhar dinheiro com terapia para casais.

Consultas com Cassianne - aspirante a antropóloga e uma promissora conhecedora da vida de casais.
=p

Um comentário:

  1. sua.. sua.. suuuua triolista!
    era isso? já skeci.

    mas ce ta bem terceira-pessoa mesmo.
    eu q gosto de anal....isar as pessoas, concluo da historia hipotética do seu post, que o homem quer a mamãeeeee.

    =*

    ResponderExcluir

Comentários moderados.