quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Sonhei com sexo.




Sonhei com sexo essa noite. Não que isso seja novidade para mim e acredito que não é novidade para ninguém.
Há vezes que sonhar com sexo é melhor do que fazê-lo. Quando sonho com sexo não tenho que ouvir coisas em momentos inapropriados, não tenho que "franelar" - vide: ter que orientar para que lado o parceiro tem que ir - a trepada. É tanta sintonia, tanta gostosura que a gente acorda feliz feliz...
Mulheres, muitas vezes, têm receio de falar que pensam, querem, sentem falta, buscam sexo. Se o assunto é masturbação feminina, nossa, quanta hipocrisia. Conheço um bom número que juram nunca terem se tocado.
Ah! Vá catar coquinho, meninas.
Se tocar é a coisa mais deliciosa que podemos fazer com nós mesmas. Esse papo de ficar cuidando da sua imagem achando que um cara vai fuder gostoso com você só porque você é linda já está moribundo. Foda boa mesmo é quando você conhece seu corpo e os lugares onde você sente prazer, aí na hora que estiver rolando você só vai se preocupar em explorar o corpo dele, em tocá-lo, usar e abusar da junção dos seus corpos.
Sexo é para ser o momento mais livre do seu dia. E que haja sexo todos os dias. HiHiHi...
Tem que haver respeito pelos corpos, pelos desejos e uma troca deliciosa de sensações e arrepios. Há de ter um olhar atento, um sabor, um cheiro, uma temperatura, para que tudo conspire a favor do gozo.
Sexo é um ato que envolve dois. Largados no mundo, um sobre o outro, outro sob um, com mãos que possuem o corpo alheio e fazem gelar a espinha. Mãos, pernas, braços, pescoços... duas bocas, dois sexos em encontros e desencontros que não cessam.
Caralho, sexo é bom demais. =p

2 comentários:

  1. não vou falar muito.
    só:

    Ô!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. ainda mais quando se usa uma vela, ne?

    ResponderExcluir

Comentários moderados.