sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Oh! Chuva...


CA-RA-LHO!
Eu adoro dormir com chuva. Quarto escuro, friozinho, pés gelados lutando para se aquecer, barulhinho de chuva lá fora e é só os pés se aquecerem que o morpheus chega e me leva, sem dar oportunidade de dar boa noite.
No entanto, não estou conseguindo dormir... Acabei de acordar. E só acordei porque antes de dormir ontem ativei o despertador para 11:30 am. E ainda fiquei de um lado para o outro relutando para levantar.
Essas noites não estão sendo tão agradáveis, voltar a ter insonia não é agradável. Fiquei ouvindo a chuva e pedindo a ela que me desse tranquilidade para eu dormir. Pois bem, agora eu converso com a chuva. Eu nunca havia conversado com a chuva. É interessante, porque há som e você pode sentir que ela lhe responde algo.

Ela responde para mim,
ela está dentro de mim,
tenho uma tempestade nos olhos.

Sinto frio de dentro para fora,
estou congelando.
E é uma chuva daquelas.

Com nuvens carregadas,
brisa suave,
granizo.
Trovões, raios e relâmpagos.

Ela está a todo momento lá fora... Mas está aqui dentro, cuidando de mim.

Um comentário:

  1. a chuva é linda. e eu tenho certeza que você gosta de morfeu, mas quem te leva mesmo é hypnos.
    ele me leva. eu reluto, querendo assistir lixo americano na tv, mas ele sempre vence.

    e a chuva tem um barulhinho de fuder!

    ResponderExcluir

Comentários moderados.